Em todos os processos que lidam com o cliente, há grande preocupação em mantê-lo fiel à empresa. Campanhas, condutas de comportamento e treinamentos diversos são compartilhados com gestores e colaboradores para que o atendimento ao consumidor seja impecável. Porém, há situações que é melhor demitir clientes.

Determinados clientes costumam acarretar mais prejuízos que benefícios à organização. Para ajudá-lo a cortar esse tipo nocivo de cliente, listamos alguns momentos em que o melhor é romper relações.

Mas há situações em que o melhor é demitir clientes mesmo?

Acredite, há ocasiões em que o ideal é demitir clientes do que continuar com aquela parceria comercial. Listamos algumas dessas situações:

  1. Quando não paga devidamente por um longo período de tempo.
  2. Se faltar com respeito de forma grave ou reiterada.
  3. Quando os interesses não puderem ser atendidos.
  4. No momento em que se descobre uma ilegalidade.
  5. Se declaram guerra à empresa nas redes sociais.

Agora, vamos nos aprofundar em cada uma delas.

1- Quando não paga devidamente por um longo período de tempo

Trata-se daquele cliente que simplesmente não paga e ao mesmo tempo quer realizar novos pedidos. É um comportamento que pode comprometer a lucratividade e, consequentemente a saúde financeira da empresa em questão. O Sistema Acelerato é muito útil para que haja uma excelente organização de dados, como os dos clientes inadimplentes, ocasionando melhorias e agilidade aos processos organizacionais.

2- Se faltar com respeito de forma grave ou reiterada

É compreensível que o consumidor, em um momento de tensão mostre-se hostil, mas há um limite para que esse comportamento seja considerado aceitável. Quando o cliente for preconceituoso, disser palavras de baixo calão ou apelar para a violência física, é o momento de banir tal pessoa da carteira de clientes.

3- Quando os interesses não puderem ser atendidos

Se as solicitações são impossíveis de serem atendidas, por qualquer que seja a razão, é hora de romper tal relação de consumo. Dessa maneira, o ciente poderá ter sua demanda atendida, mesmo que por outra organização e ainda terá uma boa impressão acerca do modo como foi tratada.

4- No momento em que se descobre uma ilegalidade

O mundo é composto por todo tipo de pessoas. Algumas, infelizmente, agem de maneira ilegal. Se este tipo de cliente quiser a conivência da empresa para isso, este deve ser banido de forma sumária da organização.

Pense que penalidades – como multas, perda de reputação e até mesmo ser impedida de atuar – não valem a pena.

5- Se declaram guerra à empresa nas redes sociais

Reclamações pontuais e com fundamento são perfeitamente aceitáveis e podem ser um estímulo para que melhorias sejam realizadas. Porém, se as críticas nas redes sociais forem constantes, de forma desrespeitosa e sem cabimento, chegou a momento de se parar de empreender esforços para atendê-lo.

Conheça as Vantagens e desvantagens do SAC nas redes sociais e boas práticas de SAC 2.0

Quer receber dicas sobre atendimento, gestão e projetos ágeis? Então inscreva-se na newsletter no canto superior direito desta página.

——————————————————————————————-



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui