Com tantas situações estressantes do cotidiano, sabemos que é praticamente impossível para uma pessoa comum conseguir manter o bom humor todos os dias em tempo integral.

São reclamações de clientes, entregas atrasadas de relatórios, trabalho que não acaba mais, trânsito para chegar ao escritório, e por aí a fora. Muitas vezes, parece que há momentos em que a paciência é colocada à prova através das mais diversas situações.

Mas uma coisa é fato. Como nem sempre é possível evitar o surgimento de problemas, sem bom humor e o famoso jogo de cintura, driblar os inevitáveis obstáculos que aparecem ao longo da jornada pode tornar-se muito mais difícil e cansativo.

Conseguir aliviar as tensões do dia a dia é essencial para o convívio harmonioso de uma equipe. Por isso o bom humor no ambiente de trabalho é imprescindível. Entretanto, é importante saber dosa-lo para que não ultrapasse a barreira do profissionalismo e afete a convivência com os demais.

Bom humor na medida certa

Para alguns, o bom humor é uma demonstração de inteligência emocional, ou seja, um sinal de equilíbrio entre sentimentos e opiniões. Esta é uma das características que se destacam no campo profissional. O único problema é quando a pessoa exagera e perde o profissionalismo com a falta de senso e torna-se chata e inconveniente com piadas e comentários inoportunos e atitudes inapropriadas para o ambiente em questão.

É de extrema importância que o limite do bom senso não seja ultrapassado. Geralmente, a pessoa considerada inconveniente acaba inibindo a aproximação dos colegas dificultando o convívio com os demais da equipe e podendo também passar a ser uma das últimas escolhas dos clientes.

Influência no ambiente de trabalho

Segundo estudos científicos, o bom humor “saudável” é capaz de trazer inúmeros benefícios para qualquer ambiente. O clima leve e agradável promove a união entre as pessoas, alívio nas tensões cotidianas, aumento na produtividade, influência na criatividade, além de disposição para encarar desafios corriqueiros.

De acordo com o psicólogo americano James Lin “quem ri junto, trabalha melhor”. A positividade e o auto-astral são contagiantes, melhoram o ambiente de trabalho, facilitando as relações interpessoais.

Bom humor no atendimento aos clientes

Para um bom atendimento ao cliente é imprescindível que o cliente se o mais satisfeito possível. E para isso, nada melhor do que um funcionário cheio de bom humor respeitável e limitado para cativar ainda mais seu público.

Um ambiente bem humorado torna-se mais criativo e produtivo na hora realizar das atividades. O Bom humor é uma pratica que deve ser aprimorada e desenvolvida. Invista nessa!

Gostou?
Tem alguma dúvida, sugestão ou critica? Por favor deixe seu comentário no final da página.
Até a próxima!
——————————————————————————————-



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui