Neste Papo Rápido Wilson Souza fala o que é Sprint e dá algumas dicas para você colocar em prática durante sua execução.

Na metodologia Scrum, o processo de desenvolvimento é dividido em ciclos regulares ao longo do tempo também chamada de Sprint.
A cada Sprint um conjunto de requisitos é implementado, tendo como resultado a evolução do produto que está sendo desenvolvido.

Uma vez que o Product Backlog esteja priorizado e estimado pelo PO, a equipe de desenvolvimento irá definir quais histórias serão incluídas na Sprint também chamada de SprintBacklog.
A partir dai, cada história é subdividida em tarefas menores e os desenvolvedores começam seus trabalhos.

Durante a sua execução, a equipe pode utilizar o gráfico de Burndown para ter noção se está atrasada ou adiantada em relação ao objetivo da Sprint e tomar providências se for necessário.

Outro passo importante durante a Sprint é a reunião diaria. Nela os desenvolvedores se reunem para contarem o que foi feito no dia anterior, quais impedimentos e o que será feito no dia atual.

Mesmo que os desenvolvedores sintam que as tarefas não serão entregues é importante que não haja alteração no seu tempo, para que isso não comprometa o trabalho de analise e priorização de histórias do PO.

Ao final da Sprint é realizada a reunião de Revisão. onde cada história é analisada pelo P.O este decide se aprova ou não cada uma delas. Caso seja reprovada ela retorna para o Product Backlog e ficam disponível para serem incluída em uma nova.

Após a reunião de revisão a equipe de desenvolvimento junto ao SM fazem a reunião de Retrospectiva. Onde o grupo irá refletir sobre o que funcionou e o que não funcionou ao longo da seu desenvolvimento com o objetivo de reforçar o que foi bom e levantar soluções para o que foi ruim.

Assim, a cada Sprint a equipe vai aprendendo e evoluindo seu processo de desenvolvimento.

Confira o Vídeo



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui