Startups são empresas jovens, inovadoras, a procura de um modelo de negócio sustentável e escalável. E até que o modelo certo seja encontrado, uma startup trabalha em um ambiente incerto. Enfrentando muitos desafios, o empreendedor deve levar em conta que a comunicação com o cliente e a gestão eficiente dos processos são essenciais para a sobrevivência da startup e de seu crescimento, rumo a uma empresa sustentável.

 

Testando hipóteses

O principal objetivo de uma startup é testar hipóteses. O empreendedor testa seu conceito de negócio, o público-alvo, o produto, seus parceiros, enfim, o mercado. Nesse processo, é comum que os planos iniciais sejam reformulados e os projetos reajustados.

Entre os desafios que o profissional enfrenta estão lidar com a própria inexperiência, apostar em um investimento de risco, lidar com as incertezas do mercado e investir tempo e dinheiro em uma ideia na qual talvez apenas ele acredite. Nada fácil. Outros desafios, mais pontuais, são estabelecer um contato produtivo com o cliente e alinhar os processos internos com a equipe.
 

Validação e comunicação com o cliente

Um negócio não dará certo se estiver concentrado no público errado. Para que isso não aconteça, é preciso validar o modelo de negócio. Isso significa confirmar o interesse do cliente no produto e descobrir se há espaço no mercado para ele. Daí a importância de estar em contato com os clientes e ouvir o que eles têm a dizer. As críticas e as sugestões são fundamentais, pois a startup está em um momento de definição e quer saber quem é o seu cliente e se ele pagaria pelo seu produto ou serviço.
 

Gestão de processos

Outra etapa importante é o alinhamento dos processos internos. É comum que inicialmente os processos sejam mais informais; porém, aqueles procedimentos que o profissional entende como essenciais para o negócio precisam ser formalizados. É preciso garantir que eles ocorram mesmo em sua ausência e de forma eficiente.

Para auxiliar os empreendedores, há plataformas pensadas exclusivamente para solucionar essas questões. O Acelerato, por exemplo, é uma ferramenta de help desk e gestão de projetos que permite o atendimento eficiente ao cliente e a otimização dos processos internos.
 
Os desafios estão colocados; é preciso avaliá-los e procurar soluções. Em tempos de crise, as startups não são tão atingidas, segundo afirma uma pesquisa da Universidade de Tecnologia de Queensland, e Vitor Andrade, da Startup Brasil. E aí, qual a sua ideia de negócio?
 
Outras fonte de pesquisa: olhardigital, sebrae.com.br, aceleratech.com.br

 

Gostou?
Tem alguma dúvida, sugestão ou critica? Por favor deixe seu comentário no final da página.
Até a próxima!
——————————————————————————————-



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui