É indiscutível que um dos fatores mais relevantes na gestão financeira de uma empresa é receber os pagamentos de seus clientes no prazo certo, pois se isso não acontecer, a organização certamente terá problemas em seu fluxo de caixa.

Isso porque a inadimplência faz com que sejam necessárias alterações nas contas no final do mês, pois como é feito um planejamento com base em tudo o que a empresa tem para receber, quando algum cliente descumpre um prazo, automaticamente surge um buraco nos cálculos, causando uma situação constrangedora entre o consumidor e a empresa.

Além de complicações para empresa, que pode ter problemas com seus fornecedores e/ou prestadores de serviço, já que a inadimplência pode levá-la a ter dificuldades para arcar com suas obrigações. Ou seja, pode tornar a organização também inadimplente.
 

Formas de Prevenção da Inadimplência

A rotina extremamente corrida que a grande maioria das pessoas tem atualmente é um dos grandes motivos de uma parcela considerável das inadimplências, pois estas acabam ocorrendo não apenas porque o cliente não tem realmente como pagar ou está disposto a dar um calote, mas principalmente devido ao esquecimento. Destarte, é fundamental que as empresas desenvolvam estratégias para alertar os clientes quando o prazo para determinado pagamento estiver se aproximando.

Isso pode ser feito, por exemplo, através de um sistema que possibilite notificar o cliente automaticamente, seja por e-mail, mensagem de texto ou outra forma qualquer, quando está chegando o dia do vencimento de uma conta. Isso pode ser extremamente útil inclusive para evitar confusões em relação a débitos que vencem em finais de semana ou feriados, já que elucida a dúvida do consumidor. Também é interessante estar atento a sazonalidade, pois existem períodos, em especial nos meses iniciais do ano, em que o nível de inadimplência costuma ser mais elevado.

Facilitar os pagamentos dando diversas alternativas de como fazê-los, seja com cartões de crédito ou sistemas de pagamento on-line, e oferecer “regalias” para os clientes que sempre cumprem os prazos, também são fatores determinantes para diminuir a inadimplência. Além disso, o tradicional histórico do cliente também ajuda bastante a evitar vender para maus pagadores.
 

Análise do Cliente e Maneiras de Cobrá-lo

Quando a inadimplência já se concretizou, não tem jeito, a solução é cobrar. Contudo, antes disso, é necessário analisar o cliente, pois isso irá determinar a forma como a cobrança será feita. Para isso, é preciso levar em consideração a recorrência no descumprimento dos prazos e a relevância daquele consumidor para o negócio, dados fundamentais para determinar alguns detalhes a serem ponderados no momento de efetuar a requisição.

Além de ser importante fazer a cobrança logo após o vencimento do prazo determinado, é essencial saber cobrar de maneira cordial, na verdade, de início, tratar apenas como um lembrete. Isso evita constrangimentos e torna o processo mais amigável.

Outro fator fundamental é a empresa se mostrar disposta para uma negociação, o que pode ser feito através da apresentação de alternativas para que o cliente consiga fazer o pagamento.

 
Gostou?
Tem alguma dúvida, sugestão ou critica? Por favor deixe seu comentário no final da página.
Até a próxima!
——————————————————————————————-
Este post é um oferecimento de Acelerato – Sistema Online para colaboração, comunicação e produtividade.



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui