Ter mecanismos para avaliar o trabalho de seus colaboradores é um aspecto de muita relevância dentro de qualquer empresa. É esse tipo de controle que viabilizará a eliminação de eventuais falhas e fará com que os serviços sejam realizados com alto nível de eficiência. Nesse sentido, uma das melhores maneiras de identificar se o desempenho dos funcionários é satisfatório é fazendo uma avaliação de competências.

É importante destacar que esse processo é fundamental em todos os setores de uma empresa. Contudo, nos departamentos de vendas e de atendimento ao cliente, essa avaliação se faz ainda mais relevante. Isso, pois eles que lidam diretamente com os clientes e, consequentemente, devem evitar qualquer tipo de situação que cause algum transtorno, como não saber responder a alguma pergunta ou apresentar um produto ou serviço inadequadamente.

Como Fazer uma boa avaliação de Competências?

Para fazer uma boa avaliação de competências é preciso conhecer o conceito de CHA: Conhecimento, Habilidade e Atitude. Para isso, vamos usar uma equipe de atendimento ao cliente como exemplo.

Um dos erros mais comuns é analisar apenas o conhecimento dos colaboradores em relação aos produtos ou serviços sobre os quais irão falar com o público. Isso porque, embora esse fator seja importante, a habilidade e a atitude dos atendentes também são aspectos crucias para que suas competências sejam plenas.

De fato, conhecer os produtos e/ou serviços sobre os quais recebem chamados é algo essencial para os atendentes. No entanto, apenas saber o que deve dizer não basta, também é necessário saber dizer da melhor maneira possível, o que caracteriza a habilidade, e sentir vontade de fazer, ou seja, ter atitude.

Alguém pode ser considerado realmente competente somente quando consegue aliar esses três fatores (Conhecimento, Habilidade e Atitude) de maneira eficiente. Por tudo isso, é fundamental ter em mente que a competência e seus fatores são variáveis de acordo com a função desempenhada, o que deve ser ponderado no momento da avaliação.

Além disso, podemos dizer que as competências se dividem em três tipos:

  1. Competências conceituais;
  2. Competências técnicas;
  3. Competências interpessoais;

Qual a relevância de Avaliação de Competências?

O principal intuito da avaliação de competências é detectar possíveis falhas que estejam sendo cometidas. E, desse modo, permitir que sejam tomadas medidas para tentar eliminá-las. Esse processo pode ser determinante para o sucesso de uma empresa, pois pode identificar gargalos que estejam prejudicando os resultados.

Quais ferramentas podem ajudar durante esse processo?

Durante a avaliação de competências, independentemente do tipo que será aplicado, é essencial contar com o auxílio de ferramentas. Isso, pois há soluções que são capazes de obter relatórios rápidos e precisos e apresentar dados relevantes para esse processo.

Nesse sentido, o Acelerato é uma excelente solução para avaliação de competências. Isso, pois essa ferramenta on-line agiliza todos os procedimentos do atendimento ao cliente e à gestão de projetos ágeis. Colaborando assim de maneira expressiva com o andamento de processos como a própria avaliação de competências.

Conclusão

Percebe como a Avaliação de Competências é crucial para alcançar os resultados desejados de uma empresa? Avaliando as competências dos colaboradores regularmente é possível, inclusive,  garantir um bom atendimento ao cliente.

Quer receber dicas sobre atendimento, gestão e projetos ágeis? Então inscreva-se na newsletter no canto superior direito desta página.

——————————————————————————————-



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui