No Papo Rápido de hoje, Wilson Souza fala sobre cultura de aprendizagem.

Criar uma cultura de aprendizagem dentro da empresa torna-se a cada dia mais importante para que a organização possa se adaptar aos desafios do mercado. Minuto após minuto novas tendências surgem e estar por dentro desse processo é uma das tarefas mais desafiadoras para os gestores atuais.

No geral, as pessoas tendem a aprender apenas o básico necessário para mantê-las dentro de suas funções. E infelizmente Inovar e pensar a frente não é algo comum, pois isso implica em Investir tempo e recursos que muitas vezes não estão nos planos dos colaboradores.

E para driblar essas barreiras e criar um ambiente de inovação e aprendizado, a primeira dica é buscar ferramentas que possam te ajudar nos processos operacionais agilizando todo o trabalho. Dessa forma as pessoas terão mais tempo disponível e se sentirão estimuladas a pensar coisas novas.

Outra ideia para desenvolver novas habilidades é incentivar à criação e participação em treinamentos e palestras. Criar situações que exijam integração e gere empatia entre os colaboradores, aumenta a coesão, melhora o entrosamento e dá novos ares de conhecimento para todos.

Outro mecanismo é o job rotation, através do qual os funcionários se candidatam para outras funções em setores distintos de maneira temporária, o que gera ampliação de experiências, relacionamentos e conhecimentos.

Foque também na criação de grupos de estudo ou troca de informações, esse tipo de ação pode intensificar o interesse dos colaboradores em aprofundar-se ou aprender novos assuntos.

Ações simples como essa não demandam grandes investimentos e podem ser iniciadas em qualquer nível hierárquico, basta ter criatividade para usá-las da maneira mais adequada para a sua empresa e certamente elas irão gerar muitos resultados positivos.

link do Vídeo:



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui