Não há crise que resista ao fim de ano. Mesmo com o cenário econômico delicado ainda é possível (e preciso) se preparar para as datas comemorativas de Natal e o final do Novo, que costumam aquecer mais o comércio como um todo. O momento é de cautela afirma a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) que realizou um estudo apontando que sete em cada dez brasileiros devem consumir menos até o final do ano.

Com o mercado em retração, o empreendedor precisa ser mais criativo, elaborar uma estratégia eficiente para atrair e atender bem ao público, que pode ir para a concorrência se não estiver satisfeito com preços, condições e principalmente o atendimento. Confira nossas dicas para não perder vendas e ter motivos para comemorar o fim de ano.

Estude seu histórico

Mesmo que o fim de ano seja um bom momento para as vendas, é importante ter uma postura conservadora e de cautela. Ou seja, significa que o empreendedor não deve se arriscar em grandes investimentos com a esperança de vendas além do esperado. O próprio CNC estima que este ano as vendas devem ser até 4% menores que o ano passado.

Pesquisa realizada pelo SPC Brasil apontou que 71% os empresários não vão investir, uma vez que não haverá um aumento significativo na demanda. O ideal é buscar acabar com o estoque com promoções e preços atraentes, que será o principal chamariz para os clientes.

Atendimento impecável

Tão importante quanto o preço, condições atraentes para a venda e um produto de qualidade, é oferecer um atendimento excelente. Muitos clientes que deixam de consumir produtos ou serviços tem como maior motivação a insatisfação com o atendimento. Para ganhar a confiança desse consumidor, comece com um padrão para o atendimento, sempre com cordialidade e evitando pressioná-lo. Converse com a equipe para que ela possa ser sempre receptiva e atenciosa, mas sem exageros.

Seja objetivo

Muitos empresários, atendentes e profissionais que lidam com os clientes acabam tendo um conceito equivocado da frase “conquistar o cliente”. Por mais que o verbo “conquistar” seja ligado a técnicas de vendas complexas, na realidade é mais simples do que muitos imaginam. Basta ter em mente que o seu cliente procura por algo que você oferece e para isso precisa de clareza e informações pertinentes.

Por essa razão, os envolvidos devem conhecer os produtos e serviços oferecidos e os benefícios que proporcionam a quem os obtiver. Assim será mais simples conversar com o público e oferecê-los.

Cuidados no Pós-venda

O pós-venda é uma ferramenta de grande importância para o empresário. O cliente fica mais próximo da empresa quando se sente lembrado e isso ocorre quando há um acompanhamento após a compra. Vale ligar, mandar e-mail, agradecer em seu perfil na rede social, sempre perguntando se está satisfeito com a compra ou serviço prestado.

Conheça o comportamento de consumo

Quais os hábitos do seu cliente? O que ele gosta de fazer? Qual sua classe social e preferências? Essas perguntas são simples e responde–las irá ajudar a segmentar sua estratégia de venda, saber o que oferecer a ele, quando oferecer e como fechar a venda.

Entregue-se ao espírito do final de ano

O fim de ano é um momento diferente para as vendas, uma vez que não se vende apenas um produto e sim um presente, uma emoção. O clima é de renovar as esperanças e de ter uma visão positiva. Sem contar que as pessoas estão mais emotivas e é o momento de aproveitar essa emoção para aumentar o faturamento.

No mais, boas vendas. =D

Gostou?
Tem alguma dúvida, sugestão ou critica? Por favor deixe seu comentário no final da página.
Até a próxima!
——————————————————————————————-



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui