As pesquisas de mercado são excelentes formas de se conhecer os desejos e as expectativas dos consumidores. Constituem mecanismos poderosos de interação com o cliente, o que pode fazer com que determinada empresa mude os rumos de sua gestão para atendê-lo da melhor forma possível.

Sabe-se que, as tendências e os gostos das pessoas mudam rapidamente, e é preciso atentar para o momento exato em que essas mudanças ocorrem, para não se perder o foco dos negócios ou ajustá-los de acordo com as novas demandas.

Elaboramos algumas dicas práticas para auxiliá-lo na realização de pesquisas de mercado:

1- Planeje o que se deseja conhecer:

Parece óbvio, mas este é o ponto inicial para as empresas que desejam realizar uma pesquisa satisfatória.O sistema de gestão de projetos Acelerato constitui uma ótima ferramenta para essa finalidade. O motivo de tal pesquisa pode ser algo específico ou mais generalista. De qualquer forma, é preciso que se estabeleça claramente o que será pesquisado e procurar não se desviar do foco.

2- Elabore questões simples e rápidas:

As pessoas vivem de forma cada vez mais atribulada, sobretudo nos grandes centros urbanos. Dessa maneira, é importante que se elaborem questões simples e objetivas.

3- Meça os resultados:

Quantificar os resultados obtidos é uma das partes mais importantes das pesquisas de mercado. Nesse ponto, já foram coletados dados como faixa etária, sexo, preferências, dentre outros. Com esses elementos, é possível traçar o perfil do consumidor de fato ou em potencial. Com a utilização de gráficos, fica bem mais fácil a visualização do que está acontecendo em determinado seguimento do mercado consumidor.

4- Persista:

Caso a pesquisa demonstre insatisfação de grande parte dos entrevistados, é evidente que trata-se de uma situação crítica. No entanto, ao se conhecer o que causa tal descontentamento, é possível modificar a situação empresarial de forma positiva, basta que haja flexibilidade, discernimento e o trabalho de pessoas qualificadas.

5- Faça mudanças necessárias:

Se algo anda mal na opinião dos clientes, é necessário que ajustes sejam feitos de forma relativamente rápida, pois nesses casos, uma grande demora pode transparecer desorganização e falta de preocupação para com o cliente. Mesmo em tempos de crise, é importante que se invista na otimização de produtos ou serviços, sobretudo quando há comprovada e generalizada insatisfação relatada nas pesquisas.

6- Reforce o que está bom:

O que agrada ao cliente também deve passar por melhorias, pois demonstrará que determinada empresa cuida de fidelizar seus clientes e se preocupa com sua satisfação e seus anseios.

 

Quer receber dicas sobre atendimento, gestão e projetos ágeis? Então inscreva-se na newsletter no canto superior direito desta página.

——————————————————————————————-



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui