Geralmente, pequenas empresas centralizam os esforços apenas em questões produtivas ou comerciais, ignorando um lado extremamente essencial: as finanças. É de suma importância que empreendedores invistam na elaboração de um plano, destinado ao controle de valores e gastos, já que a falta dessa ferramenta, mesmo que involuntária, pode prejudicar muito os resultados finais.

Por isso, planejar é tão importante na gestão de qualquer negócio. No entanto, afirmam consultores, controlar as despesas é muito mais, uma vez que traçar planos não surtirá efeito algum caso eles não sejam cumpridos. Portanto, planejar e controlar, apesar de serem lados opostos de uma mesma moeda, são necessárias.

O processo financeiro consiste em conhecer e monitorar o presente e administrar o futuro, em que procedimentos e ferramentas são fundamentais. Aproveitamos o assunto e buscamos algumas ações para ajudar você no planejamento e controle da sua empresa. Confira:

Dívidas

Se a empresa apresenta sinais altos de endividamento, é preciso identificar os prazos e os cronogramas de pagamentos, objetivando assim quitar todas as dívidas e acabar com problemas futuros.

Controle dos recebimentos e pagamentos

Se o empresário não organizar o controle de sua lucratividade, poderá perder dinheiro e achar que está lucrando. É necessário identificar os atrasos de clientes e, imediatamente, iniciar o processo de cobrança. Além disso, é muito importante que o empreendedor tenha conhecimento e saiba de todos os pagamentos efetuados, caso esse procedimento seja complexo, é essencial a implantação de um controle rígido, com atenção redobrada para as disponibilidades de caixa.

Controle do caixa

É um instrumento que tem como objetivo a projeção das entradas e saídas de recursos financeiros da empresa. Para que ele funcione é necessário ser feito diariamente, começando com a análise dos extratos bancários, até os relatórios de movimentação do caixa.

Previsão de caixa

O prognóstico do caixa será uma ferramenta importante, em que serão tomadas as decisões e direcionamentos dos negócios, prevendo vendas e premissas coerentes de prazos de pagamentos, recebimentos, entre outras coisas.

Use um sistema

As planilhas ajudam a começar o trabalho, mas um software pode ser essencial para acompanhar o crescimento do negócio. Com um bom sistema você pode ter: Controle o fluxo de caixa e as contas a pagar e receber. Realizar operações bancárias integradas com bancos. Fechamento de caixa, gestão da tesouraria central e tesouraria das filiais e muito mais.

 

Gostou?
Tem alguma dúvida, sugestão ou critica? Por favor deixe seu comentário no campo abaixo.

Até a próxima!

fonte: http://www.administradores.com.br/noticias/negocios/dicas-para-voce-planejar-e-monitorar-as-financas-da-sua-empresa/97669/

——————————————————————————————-



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e cadastre-se gratuitamente clicando aqui