Uma pesquisa realizada pela consultoria DDI World apontou que 57% dos entrevistados já desistiram da empresa por causa da liderança tóxica.

Como já falamos anteriormente, o sucesso de uma empresa depende de alguns fatores. Um deles são seus líderes, afinal, eles são responsáveis por coordenar equipes para o sucesso de um projeto. 

Algumas características são essenciais para se tornar um líder, como por exemplo: ser visionário, ser organizado, capacidade de negociação, saber gerenciar uma equipe, etc.

E quando a liderança se torna algo que pode gerar dores, sejam físicas ou psicológicas, acontecem abusos de poder tornando o ambiente hostil? 

São características claras de que a liderança está sendo tóxica e, consequentemente, contraprodutiva para a empresa e seus funcionários.

Será que minha liderança está sendo tóxica? 

Como líder, é de sua responsabilidade verificar o rendimento de toda a equipe, além de estar atento a sinais de descontentamento e ser aberto a receber sugestões. Também é válido ficar atento a possíveis indícios da liderança tóxica, como:

Não reconhecer o esforço do funcionário

Um Feedback feito de forma negativa pode acarretar em deixar o colaborador inseguro, desmotivado, descontente, além de criar uma inimizade com o mesmo, afinal, ninguém se sente à vontade com palavras grosseiras.

Falta de confiança no trabalho dos outros/microgerenciamento

Ficar supervisionando constantemente o que o funcionário está fazendo pode gerar estresse e desconforto, pois ele irá se sentir pressionado toda vez que o líder se aproximar. Essa desconfiança também faz com que o líder assuma posturas de humilhação, arrogância, autoritarismo e agressividade.

Achar que a opinião do líder é a única que importa

Ser líder vai muito além de coordenar uma equipe. É necessária a maturidade de ouvir a opinião de quem está próximo para evoluir, tanto profissional quanto pessoalmente.

Comunicação ineficiente

Um líder precisa saber se comunicar, se fazer entendido com seus liderados, pois se ele se esquiva ou se comunica de forma ineficiente, o time poderá se sentir ansioso e aberto a qualquer interpretação.

Ser ausente de suas responsabilidades

A figura do líder é de extrema importância para que a equipe se sinta motivada em seus projetos e seja direcionada corretamente. Caso o líder não saiba “tomar as rédeas” da situação, poderá prejudicar seus funcionários.

O que posso fazer para melhorar?

Escute seus funcionários

Sua equipe é a que está mais próxima de você todos os dias, logo, eles saberão reconhecer o que está incomodando a todos, de maneira geral. Tenha a maturidade de compreender e entender o que estão dizendo, sempre com respeito

Trabalhe sua confiança

Este passo pode levar algum tempo para ser concluído, pois exige que algo seja trabalhado de dentro para fora. Comece com pequenas coisas, como aceitar um elogio, elogie de volta, reconheça seus erros e acertos etc.

Entenda que você também é humano

Líderes também têm medo, angústias, frustrações, alegrias e tristezas. Entenda que estes pontos precisam ser trabalhados quando enfraquecidos. Uma sugestão é procurar ajuda psicológica, pois muitas vezes acabamos por não entender o que está acontecendo conosco, de fato.

Devemos lembrar que emoções também fazem parte do ambiente corporativo e não devem ser ignoradas. Independentemente se estamos sentindo alegria ou tristeza, é importante entendermos as causas para que seja tratado com maturidade e tranquilidade, seja um líder ou um liderado.

Caso tenha interesse em conhecer mais sobre liderança tóxica vamos deixar algumas indicações, começando com o Podcast da Coonect.se sobre o tema e também em nossa indicação de livros sobre liderança falamos sobre o livro Liderança Tóxica.



Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e agende uma demonstração com um de nossos especialistas clicando aqui