Se você trabalha com marketing, certamente já ouviu o termo “marketing de conteúdo”, afinal, é uma excelente estratégia para aqueles que desejam captar e ampliar sua rede de consumidores e potenciais clientes através da criação e distribuição de conteúdo relevante para seu público-alvo. 

Além disso, o marketing de conteúdo serve para nutrir a base de leads, reduzir os custos de aquisição de clientes (CAC) e melhorar a experiência no pós-venda. Tudo levando para o chamado Inbound Marketing (que iremos falar futuramente).

Nós, do Acelerato, estamos sempre produzindo conteúdos variados semanalmente para aqueles que se interessam por assuntos como: 

E estes conteúdos produzidos podem ser em diversos formatos para atingir pessoas de maneiras diferentes, por exemplo: vídeos, blog, redes sociais, podcasts, etc.

A ideia do marketing de conteúdo é que as pessoas sejam atraídas naturalmente para a sua marca e que ela seja lembrada futuramente. Dessa maneira, os potenciais clientes chegam até o produto ou serviço de forma orgânica, permitindo que a empresa utilize menos de investimentos em mídia paga para atrair novas pessoas.

E se você pensa que essa estratégia nasceu com a internet, está enganado. Na década de 80 o mercado de brinquedos infantis estava interessado em atingir as crianças dentro de suas casas. Foi aí que surgiram desenhos animados para vender bonecos de ação.

Desenhos como He-man e G.I Joe são grandes exemplos dessa estratégia, pois enquanto eles eram exibidos, as empresas aproveitavam para mostrar propagandas dos bonecos e, consequentemente, induzindo as crianças a desejar aquele brinquedo.

O marketing de conteúdo atua de forma sútil, ele alimenta a pessoa de informações que são do interesse dela para que continue se lembrando da marca e esta reforça sua autoridade no assunto.

Por que você deveria investir? 

Melhora na relação entre as partes envolvidas

Construir uma relação de confiança com seus clientes e potenciais clientes permite com que você se aproxime deles se mostrando sempre a disposição para atendê-los.

Engajamento da marca

É perceptível nas redes sociais que as pessoas não interagem com empresas que sabem falar apenas da própria marca, por isso, trabalhe conteúdos que sejam relevantes para chamar a atenção. Coloque-se no lugar do consumidor e entenda o que vai ser de interesse dele.

Trabalhe com embaixadores 

Você já se sentiu em dúvida sobre determinado serviço ou produto? Se era de confiança e após ver alguém que você considera relevante sobre o assunto comentar positivamente, se sentiu mais disposto a dar uma chance? Este é o trabalho de um embaixador da marca. Essa pessoa testará o produto ou serviço e dará sua opinião sobre.

Atingir as pessoas por diversos canais

Como já falamos anteriormente, o marketing de conteúdo não se limita somente a um canal. Ele pode ser através de posts em redes sociais, e-books, SEO, podcasts, e-mail marketing etc. Pois vale lembrar que um canal pode ser mais efetivo para uma pessoa do que para a outra.

Não se esqueça do pós-venda

Não é porque o cliente já realizou a compra que ele também não merece continuar recebendo seu conteúdo rico, afinal, o boca a boca ainda é um dos meios de conhecer uma marca mais valiosos. A fidelização do cliente impacta diretamente os resultados de uma empresa. Um cliente satisfeito e feliz tem mais chances de voltar.

O marketing de conteúdo existe há muitos anos e sempre continuará existindo enquanto houver pessoas interessadas em vender um produto ou serviço. Ele pode ser aplicado de diversas formas de acordo com seu público-alvo, mas sempre com o intuito de levar materiais que sejam de interesse das pessoas sempre de forma sútil, afinal, o marketing agressivo pode acabar afastando potenciais clientes e, consequentemente, gerar uma visão negativa da marca.

marketing de conteudo

Ainda não conhece o Acelerato? Não perca tempo, acesse agora e agende uma demonstração com um de nossos especialistas clicando aqui